Economia

Há Economia em tudo o que há.
  1. Espera-se aumento de 10% nas reservas. Muitos hotéis estão quase esgotados.
  2. A produção de vinho aumentou 11%, mas há zonas do país onde os efeitos da seca foram notórios. Os vinhos verdes escaparam.
  3. A atualização do salário mínimo começa a ser discutida sexta-feira, dia 24. Patrões preparam-se para nova subida de 5%; sindicatos querem mais.
  4. Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, admite que os dados da sinistralidade rodoviária são “muito preocupantes”.
  5. Processo negocial, que arranca a 15 de dezembro, vai definir qual o período de congelamento, o modo em que a recuperação será feita e o calendário.
  6. Dos mais de 2,1 milhões de tentativas de penhora realizadas nos primeiros nove meses deste ano, o Fisco só concretizou 250 mil.
  7. A ideia integra o pacote de incentivos apresentados pela autarquia ao Governo, e que contempla ainda a criação do Museu da Floresta.
  8. A dívida directa do Estado caiu para 242 mil milhões de euros em outubro, face a 245,3 mil milhões de euros em setembro, segundo dados do IGCP
  9. O responsável pela área de investimentos alternativos da gestora Jupiter considera que é altura de recolher algumas das mais-valias em bolsa.
  10. Encarecimento dos produtos pode não ser um efeito direto da seca, mas sim das importações.